Número total de visualizações de página

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

NAS ANTI DEMOCRACIAS ....... A VEZ DE MAGUEIJA !








A Liliana era senhora e dona de Magueija.

Era.
Magueija era uma coutada da Liliana.
Era.
A coligação PSD/CDS perdeu as eleições autárquicas em Magueija.
Perdeu.
A Liliana perdeu o lugar de presidenta de Magueija.
Perdeu.
Em processos eleitorais o povo é quem mais ordena.
É.
Em democracia, a vontade do povo tem de ser respeitada.
Tem.
As descativadas escolas primárias de Magueijinha e do Cabeço da freguesia de Magueija, nos tempos da presidenta Liliana estavam entregues à Junta de Freguesia de Magueija.
Estavam.
A Liliana ficou bué de lixada por ter deixado de ser presidenta.
Ficou.
A Liliana quer continuar a mandar em Magueija e a manter Magueija como a sua coutada.
Quer.
E, não sendo já a presidenta, quer tomar conta das escolas de Magueija.
Quer.
Havia em Magueija uma Associação Folclórica, que servia para montar a barraca dos comes e bebes na avenida nas Festas dos Remédios e cujo presidente diretivo, como convinha, era o Diamantino marido da Liliana.  
Havia.
Depois de ter perdido as eleições a Liliana tratou de arranjar outra associação para idosos em Magueija para ser ela a presidenta diretiva.
Tratou.
Depois de ter perdido as eleições, o Diamantino e a Liliana correram para a Câmara do Francisco Lopes para ficarem e assentarem o arraial nas escolas de Magueijinha e do Cabeço da Freguesia de Magueija.
Correram.
Francisco Lopes & C.ª ficou bué lixado por a coligação PSD/CDS ter perdido em Magueija.
Ficou.
Francisco Lopes & C.ª achou muito bem entregar as 2 escolas de Magueija ao Diamantino e à Liliana.
Achou.
Francisco Lopes & C.ª borrifou-se para o exercício da democracia em Magueija e para Junta de Freguesia de Magueija, que deixou de ter as cores do PSD/CDS.
Borrifou.
Só porque a Junta de Freguesia de Magueija já não tem como presidenta a Liliana, já não é da coligação PSD/CDS querem retirar-lhe as escolas e entrega-las à Liliana e ao esposo.
É.
Mas …..
O povo de Magueija descobriu que a Liliana e o seu Diamantino, com a aprovação de Francisco Lopes & C.ª se preparavam para tomar conta e montar a tenda nas suas 2 escolas de Magueija.
O caldinho entornou-se.
A Junta de Freguesia fez um requerimento e pediu por escrito a manutenção das escolas na sua posse.
Na reunião de Câmara que era pública e onde a coisa ia ser definitivamente aprovada …. o povo de Magueija apareceu aos magotes e com ares de que estava preparado para a revolução.
A decisão de entrega das escolas de Magueijinha e do Cabeço à Liliana e ao seu Diamantino, em plena reunião de Câmara foi retirada da ordem de trabalhos e .... adiada ….
A Liliana não desampara a loja camarária para ter o carimbo no contrato de entrega, a ela e ao esposo, das escolas de Magueija.
A Liliana quer manter Magueija como a sua coutada.
Quer.
A Liliana e Francisco Lopes & C.ª não perdoam ao povo de Magueija a derrota.
Não.
O povo de da freguesia de Magueija tem direito à democracia e a exercê-la ????
Parece que não.
 
 

 

O CASPER diz que esta história das escolas de Magueija ainda vai dar brolhada da grossa.


2 comentários:

Anónimo disse...

Claro que é dona, reparem... Perdeu a JF mas empregou o filho..Dr. não sei quantos na Camara, presta serviços de químico, seleccionando as tintas para pintar as passadeira, com um ordenado que compensa o que perdeu a sua digníssima esposa..
AFINAL QUEM É QUE REALMENTE MANDA????

E ESTA EMMMM!!!!!!

Anónimo disse...

É mais que dona... numa terra onde o uso capião é moda, depois destes 20 anos de governação ainda vai reclamar Magueija como sua.

O Filho é Dr. e deita muito mais pinta do que tinta...