Número total de visualizações de página

sábado, 4 de outubro de 2014

UM REAL CACETADA DIRETIVA .......





Haverá por aí quem ainda se lembre, que há uns tempos atrás, Francisco Lopes resolveu sanear um diretor porque lhe era incontrolavelmente incomodo.
A onda foi dar um tremendo de um apagão no único Agrupamento de Escolas que existia em Lamego, criar um outro, que engoliu as escolas daquele Agrupamento e presentear com o cargo de diretor um tal de Martins que lhe era acomodado ……
Carlos Rei era o diretor do Agrupamento de Escolas EB, 2/3 de Fafel, um modelo de organização e ensino que funcionava de forma excecional e que era o regalo dos meninos e jovens alunos, pais e professores ..…. e que, sabe-se agora, era mesmo um exemplo de boa gestão escolar aos olhos da cadeia hierárquica do Ministério da Educação do governo do Francisco Lopes !!!!!
Em Lamego, o exemplo exemplar incontrolavelmente incómodo …… à autarquia de Francisco Lopes foi emprateleirado. 
***********
Em Sernancelhe havia um Centro Escolar novinho em folha, que há largos meses estava vazio e um Agrupamento de Escolas onde professores, alunos e pais não se entendiam bués de bués e andavam todos embrulhados.
Em Sernancelhe a direção do Agrupamento alternava há meses, ao sabor de  porradas, estaladões e ações judiciais.
O Presidente da Câmara de Sernancelhe, companheiro politico de Francisco Lopes, e a cadeia hierárquica do Ministério da Educação andavam de cabelos em permanente electrocução por causa da incontrolável desarrumação no Agrupamento e da prolongação do fechamento do Centro Escolar …...
Eis quando, as alminhas desesperadas da DGESTE se lembraram que a  salvação do caos seria convencerem o exemplar diretor Carlos Rei de Lamego a ir para Sernancelhe pôr ordem e em funcionamento a casa do ensino !!!!
Convenceram-no e nomearam-no, depois de também terem aceite as condições de Carlos Rei, que passaram por levar com ele e para Sernancelhe a sua equipa diretiva …… do Agrupamento de Escolas EB, 2/3 de Fafel !!!!
Carlos Rei e a sua equipa estão de arraiais assentados em Sernancelhe.
O Centro Escolar de Sernancelhe já foi inaugurado com pompa e circunstância pelo 1º Ministro Passos Coelho e o seu Ministra da Educação Crato e funciona que é um miminho.
A desarrumação no Agrupamento de Escolas foi arrumada e o pessoal educacional do estaladão anda direitinho. 
Em Sernancelhe, o Presidente da Câmara companheiro politico de Francisco Lopes dá louvações à vida educacional imprimida pelo Diretor importado de Lamego …..
A DGEST agradece porque deixou de ter electrocução nos cabelos.
Em suma …. Carlos Rei e a sua equipa diretiva estão a fazer muita gente feliz em Sernancelhe, resolveram o problema dos políticos e por lá ninguém os acha incómodos na educação e gestão escolar …...
****************
Francisco Lopes quando soube que a DGESTE do seu governo tinha pedinchado ajuda para pôr o ensino a funcionar em Sernancelhe ……….. ao diretor que ele escorraçou porque lhe era incomodativo ……. estrondeceu-se e repuxou …. mas ninguém lhe ligou !!!!
A DGESTE  ao pedinchar ….. e Carlos Rei ao aceitar a missão de em Sernancelhe pôr ordem e em funcionamento um Agrupamento de Escolas que estava em guerra atómica ….. deram uma tão valente e real cacetada nas incomodidades de Francisco Lopes que o fizeram engolir o reconhecimento desta competência diretiva, por cá e além fronteiras !!!! 

 

 

O CASPER diz que esta cacetada no lombo de Francisco Lopes e do seu diretor comodo é tão estrondada, estrepitosa, barulhente e luxuosa que até dói às pedras da calçada …...    

Sem comentários: