Número total de visualizações de página

terça-feira, 18 de novembro de 2014

A QUEDA ...........




 O super mega hiper emirato financeiro Paulo Correia ………. desabou-se !!!!
Desabou-se que é como quem diz ….. caiu …... esborrachou-se …….. foi-se.
Paulo Correia foi trazido para a Câmara de Lamego, colocado como chefe do seu gabinete presidencial por Francisco Lopes e apresentado ao povo como um hiper super mega expert a transbodar sabedoria financeira ……………..
Tal foi o foguetório publicitário, que o emirato andou até por algumas autarquias do distrito de Viseu a montar trapalhices financeiras, que agora estão também a braços com o desembrulho da salsada ilegal e da balburdia da matança autárquica.
Por cá, do cruzamento dos neurónios vazados de Francisco Lopes, Domingos Nascimento e do emirato financeiro Paulo Correia saiu a engendrada engendrice da Lamego Convida e da Lamego Renova que chuparam, chucharam, mastigaram e trituraram a Câmara de Lamego.
De chefe de gabinete presidencial, Francisco Lopes alçou o emirato Paulo Correia a altaneiro administrador da Lamego Convida com um pézinho cruzado no Domingos Nascimento da Lamego Renova e da coisa estilhaçada multiusos. 
Paulo Correia ganhava mais de 5.000€, tinha pópó empolado a custo zero com que se deslocava todos os dias para a residência em Viseu, telelé e mais uns acrescentos ……..
O emiritado financeiro teve até direito a espatifar viaturas pagas pelos Lamecenses  …….
Com a sentença da morte da Lamego Convida, o emiritado financeiro esperreou por tudo que é sitio para se encaixar, alardoando a sua expertice financeiró-trapaçada.
Não houve teto dourado que o encapotasse  ……..  
Com o seu nome ligado aos abismos financeiros de Lamego e arredores, Paulo Correia inundou o seu currilulum de nódoas encardidas e mal cheirosas.
E …… afinal ….. todos descobriram que Paulo Correia não é um hiper super mega expert  da gestão e finança !!!!!
O dito é simplesmente ………… um técnico de gestão turistica !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Agora tudo ficou mais claro …… o rifão alcandorado por Francisco Lopes …... andou por Lamego a fazer turismo com os milhões arrebanhados à Câmara de Lamego e aos Lamecenses que pagam e muito muito muito mais pagarão por esta viagem em classe turistica ……
Paulo Correia foi-se ……….. regressou à sua secretária de técnico turistico em Lisboa.
Em Lamego ficou o seu arrebentamento !!!! 

 

 

O CASPER diz que Paulo Correia foi mais um dos VISTOS GOLD, só que este teve a assinatura de Francisco Lopes   

4 comentários:

Anónimo disse...

Turismo de terra queimada pago às nossas custas, mais um rato a abandonar o barco depois de o ratar até ao tutano e de deixar calotes até em idóneos estabelecimentos da nossa cidade. São estes iluminados de trapaceiros currículos que nos arrastam para o fundo, mas a culpa foi de quem o convidou em primeiro lugar. Uma maça podre nunca cai muito longe da árvore, de facto. Que bela equipa de gestores os lemecenses escolheram para os (des)governar.

Por falar em maça podre, vem no Jornal do Centro (caderno do Expresso ultimo)a notícia bombástica de uma intervenção a la Chico, a propósito da famigerada reabilitação do IND que passo a citar:

"Para além do desporto a cultura também vai contar com investimento de 3 milhões de euros e tem como finalidade a criação do Centro Interpretativo da Máscara Ibérica em Lazarim (1,1 milhões de euros) e a valorização do escadório do Santuário dos Remédios (900 mil). Segundo Francisco Lopes, duas áreas de intervenção que tem (sic) como objective "preserver as tradições, o património e a cultura do concelho de Lamego"

Eu propunha às gentes de Lazarim que fizessem um careto com o focinho do Emirado e que o oferecessem ao Chico, em gesto de agradecimento pelos seus bolsos rotos. Ou às tantas já descobrimos o próximo cargo do Emirado: "Director do Centro Interpretativo da Máscara Ibérica" ou de algum acólito qualquer....

Anónimo disse...

Turismo de terra queimada pago às nossas custas, mais um rato a abandonar o barco depois de o ratar até ao tutano e de deixar calotes até em idóneos estabelecimentos da nossa cidade. São estes iluminados de trapaceiros currículos que nos arrastam para o fundo, mas a culpa foi de quem o convidou em primeiro lugar. Uma maça podre nunca cai muito longe da árvore, de facto. Que bela equipa de gestores os lemecenses escolheram para os (des)governar.

Por falar em maça podre, vem no Jornal do Centro (caderno do Expresso ultimo)a notícia bombástica de uma intervenção a la Chico, a propósito da famigerada reabilitação do IND que passo a citar:

"Para além do desporto a cultura também vai contar com investimento de 3 milhões de euros e tem como finalidade a criação do Centro Interpretativo da Máscara Ibérica em Lazarim (1,1 milhões de euros) e a valorização do escadório do Santuário dos Remédios (900 mil). Segundo Francisco Lopes, duas áreas de intervenção que tem (sic) como objective "preserver as tradições, o património e a cultura do concelho de Lamego"

Eu propunha às gentes de Lazarim que fizessem um careto com o focinho do Emirado e que o oferecessem ao Chico, em gesto de agradecimento pelos seus bolsos rotos. Ou às tantas já descobrimos o próximo cargo do Emirado: "Director do Centro Interpretativo da Máscara Ibérica" ou de algum acólito qualquer....

Anónimo disse...

Foi tarde de mais!

Anónimo disse...

Como se pode acreditar e confiar numa pessoa sem que, primeiramente, se saiba qual a preparação académica que detém?!