Número total de visualizações de página

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

RELATÓRIO DO AUDITOR EXTERNO - PARTE I








Ora então o Auditor Externo, que é assim um Senhor que tem como missão analisar as contas e a situação financeira da Câmara do Francisco Lopes, que deve ser independente e rigoroso mesmo sendo pago pela Câmara, apresentou o relatório sobre a análise que fez ao 1º semestre de 2013 (Janeiro a Junho).
Diz o Senhor que …
Na DESPESA, a 30 de Junho de 2013 a Câmara do Francisco Lopes já tinha assumido compromissos de 70 milhões, 97 mil, 39 euros e 47 cêntimos e destes montes de milhões que tem para pagar, tinha pago 21.708.954,41€.
Que o mesmo é dizer: a 30 de Junho de 2013 o Francisco Lopes & C.ª tinham gasto 70.097.039,47€, pago 21 708.975,41€ e devem para pagar no futuro 48 milhões 388 mil 64 euros e 06 cêntimos !!!! 
Mais de 48 milhões é um valor admirável para ser pago ….
Mas na DESPESA também é primoroso o facto de a 30 de Junho de 2013 a Câmara do Francisco Lopes já ter esgotado tudinha a rubrica da despesa corrente e de capital do orçamento que ele próprio previu para ser gasto no ano inteiro ….
E como não há 3 sem 2, diz o Senhor Auditor que nesta coisa da DESPESA … as compras de bens e serviços nestes primeiros 6 meses já vão nos 153% …. os juros e outros encargos nos 234% ….. e os subsídios em 165% …
Um FOGO FANTÁSTICO para Lamecense pagar !!!!

Outra coisa paradisíaca, que o Senhor Auditor escreveu no seu relatório é que a 30 de Junho de 2013 a Câmara do Francisco Lopes já devia a FORNECEDORES 8 milhões 541 mil 573 euros e 98 cêntimos ….
Um valor encantador !!!!
Também diz o Senhor, que desde 31 de Dezembro de 2012 a 30 de Junho de 2013 o Francisco Lopes & C.ª reduziu em 56% a divida a fornecedores ….
Estávamos quase, quase e quase a bater palmas quando o mesmo Senhor Auditor nos alertou de que não era bem, bem, bem uma redução …
Afinal os tais 56% correspondem mesmo, mesmo e mesmo ao que a Câmara recebeu do PAEL para pagar a fornecedores.
Que o mesmo é ter-nos dito: 56% das dívidas aos fornecedores foram transformadas em divida ao banco/estado.
Engolimos as palmas.
A coisa diminuitiva é uma mudança de credor …. e como este novo credor tem aquelas coisas que se chamam juros e encargos …. a mudança foi bué de riquinha !!! 
Um FOGO MÁGICO para Lamecense pagar !!!!
SUPER SUPER TRANSCENDENTE é juntar-lhe as contas da Lamego Convida e da Lamego Renova !!!!!!!
 

 

O CASPER disse: bota lá mais uns votos no Francisco Lopes & C.ª que é malta que merece …. 

1 comentário:

casper fantasminha disse...

Muito bom este blogue!
Vou fazer um igual, parabéns!