Número total de visualizações de página

terça-feira, 29 de outubro de 2013

RUMO À MISÉRIA ............








A ministra Swap veio à televisão apresentar-nos o Orçamento de Estado para 2014 com um cachecol vermelho ao pescoço.

Ninguém aproveitou para a estrafegar !!!!

Ainda bem porque o governo do Passos, do Portas, da Misse Swap … deram-nos um orçamento de estado verdadeiramente revolucionário!!!

Pois então ….

·         Os cortes na Função Pública começam logo nos salários dos 600 euros.

Achamos bem.

Cortar a quem mais precisa. É uma lição de vida. Quem não tem dinheiro, não tem vícios. Porque raios haverão os funcionários públicos de ter casa própria, um carrinho para ir trabalhar, mandar os filhos para as universidades, verem as telenovelas num plasma ???!!! 

·         Os cortes vão subindo, nos salários dos funcionários públicos, até atingir os 12%.

Achamos pouco.

Quem é que precisa de cantoneiros, professores, jardineiros, enfermeiros, médicos, arquitetos, contínuos, administrativos e toda a corja de funcionários públicos que passam os dias a roçar-se nas cadeiras e secretárias ???!!!

Mas enfim, pode ser que estes miseros cortes estimulem alguns dos funcionários públicos a desistirem de nos agravar o défice e decidam ir para as filas da sopa ….

·         Outra medida justa é o corte nas pensões de sobrevivência.

O Governo diz que só vão ser atingidos 3% das pensionistas.

Achamos pouco.

As viúvas passaram a vida a dizer mal dos maridos, que não as ajudavam nas lides domésticas, que nunca estavam em casa, que se embebedam, que não as trataram como rainhas. Respiram fundo quando eles, finalmente, morreram para, depois, ficarem finalmente a receber pensões ?

Quer dizer, em vida, os gajos não valem nada, mas depois de mortos, já as pensões lhes dão jeito !!!! Está mal.  

·         A convergência das pensões também é boa ideia, mas não vai juntar-se à contribuição especial de solidariedade.

Também achamos mal.

Quanto menos dinheiro os reformados tiverem, melhor. Menos gastamos com eles nos hospitais, nos centros de saúde, nos medicamentos e para não andarem a gastar-nos os descontos que fizeram sobre o salário do seu trabalho, haverá sempre a esperança que morram mais cedo e nos aliviem …

O pior que pode haver é um bando de reformados ociosos e cheios de dinheiro!

Ainda por cima, agora, deu-lhes para recolher nas suas casas e sustentar um magote de filhos desempregados, com as suas mulheres e netos …. 

·         O aumento do imposto de circulação para carros a gasóleo também merece aplausos, porque estes veículos provocam mais poluição que os movidos a gasolina.

Mas também se devia aumentar os impostos sobre a gasolina.

Precisamos de menos carros nas estradas, para diminuirmos a sinistralidade rodoviária, não termos tantas multas por conduzir a falar ao telemóvel e pouparmos com aqueles senhores das brigadas de trânsito que passam a vida a chatear-nos com os radares de velocidade e gastam muitos pneus e fardamentos.  

·         Finalmente, o aumento da idade da reforma para os 66 anos é outra medida que merece todo o nosso apoio.

Mas também achamos muito pouco.

Andam por ai muitos tipos com 80 anos que continuam cheios de pica e a chatear.

Basta olhar para o Mário Soares que, com 88 anos, continua a tentar lixar o Cavaco e o governo, e para o próprio Cavaco, que gasta uma fortuna a sustentar o seu palácio, os mordomos e as pobres Marias só porque está convencido que é Presidente da República de Portugal …

Portanto, 66 anos é escasso.

A reforma devia acontecer sempre que e quando um gajo já não dissesse coisa com coisa.

 

 

O CASPER diz que se houvesse a coragem de mandar para a reforma os tipos quando estão gá gás, quando não dizem coisa com coisa e que na sua loucura incapaz estão convencidos que somos palhaços, burros ….. Passos Coelho, Paulo Portas, Cavaco já estariam reformados !!!!!!



2 comentários:

Anónimo disse...

Bela compilação e seleccionada, sim senhor. Como se chegou aqui é que nada, não?

Anónimo disse...

Excelente!