Número total de visualizações de página

quarta-feira, 11 de julho de 2012

CULPADO






Francisco Lopes ingeriu e ingere a Câmara de Lamego gastando à fartazana.
Quando a cheta se esgotou, pediu emprestado aos bancos.
Gastava o emprestado e pedia mais.
De fartazana em fartazana ….. de empréstimo em empréstimo …. os calotes foram-se amontoando e agora …..
A Câmara de Lamego não tem cheta!
A cheta não nasce na Câmara de Lamego!
Os bancos querem a devolução da cheta emprestada …..
Nos meses de Abril e Maio cairam “algumas” (só algumas !!) das prestações bancárias de  amortização dos juros e da cheta emprestada.
E ….. não houve cheta ..... para pagar as prestações!
De 1.119.907,41€ que a Câmara deveria pagar aos Bancos nestes meses, Francisco Lopes só conseguiu saldar menos de metade ….   


No mês de Abril a Câmara do Francisco Lopes regista gastos (compromissos) assumidos de 2.249.207,59€ e só pagou 703.193,19€, restando de calote 1.546.014,40€.
Já no mês de Maio a gastação é 2.440.743,02€, só consegue pagar 479.950,23€ e a ardência é de 1.960.792,79€.
As contas camarárias continuam sempre a subir e a somar na gastação e endividamento …
Francisco Lopes encerrou 2011 com uma divida só a fornecedores de cerca de 19 milhões de euros, que ainda não pagou … mas a que já somou mais milhões!
Aos Bancos pela mesma altura ia nos 14 milhões, já pediu mais milhões  … e como se vê, falha no pagamento das prestações bancárias!
Se nos vier à memória a Lamego Convida e o multiusos …. Ficamos acidóticos!

Francisco Lopes é culpado da sua má gestão autárquica e do super mega endividamento em que irresponsavelmente afundou a Câmara de Lamego e, por arrastamento, os Lamecenses já que será dos nossos bolsos (IMI pelo máximo, 5% do IRS, derrama, água, saneamento, lixo, taxas de proteção civil, estacionamentos, licenças e outras taxas  …. ) que sairá o pagamento da fartazana autárquica!
E nós é que levamos com a austeridade e nos atiram à cara que andamos a viver acima das nossas possibilidades ????? !!!!!!  .... 




O CASPER diz que a Câmara do Francisco Lopes falhou nos Bancos, mas não falhou nos comensais, no champanhe ….     


















Sem comentários: