Número total de visualizações de página

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

DUAS FACES ..........

 
 
FACE I
Na passada segunda-feira, a gasolina atingiu em Portugal um preço recorde, ultrapassando o valor máximo atingido em Julho de 2008, quando o litro de gasolina chegou a 1,523€, numa altura em que o barril do petróleo alcançou o máximo histórico de 147,50 dólares. 
Por esta altura, Paulo Portas na pele de Líder do CDS, fez do preço dos combustíveis em Portugal a sua frente de batalha contra o governo, praguejando em tudo que era sítio.
Na Assembleia de República Paulo Portas liderando a bancada parlamentar do CDS, acusou o 1º Ministro de estar a ganhar dinheiro à custa dos portugueses e das empresas e de não baixar o preço dos combustíveis para arrecadar mais impostos, atirando-lhe expressões como:
  • “Ó Sr. Primeiro-ministro, julga que somos todos tolos, julga que somos todos parvos, faz de todos nós pessoas destituídas, Sr. Primeiro-ministro?
Paulo Portas viajou até à cidade espanhola de Badajoz para num posto de abastecimento, onde se encontravam portugueses a abastecer, fazer o comício da comparação dos preços dos combustíveis praticados em Portugal e Espanha e alardoar:
  • “ A teimosia de Sócrates leva apenas a isto: Zapatero enriquece e agradece e perdemos todos nós».
  • a política do governo português leva a que cada vez mais cidadãos se abasteçam em Espanha, esta situação significa que os portugueses vão deixar riqueza ao país vizinho, vão contribuir para a riqueza das empresas espanholas e vão pagar impostos sobre gasolina e IVA em Espanha.
  • “Em cada litro de gasolina, os espanhóis arrecadam em impostos cerca de quatro cêntimos. Os portugueses, Sócrates, arrecada mais de 83 cêntimos”
 
FACE II
Paulo Portas é Ministro do governa que manda em Portugal.
Na semana em que o preço dos combustíveis bateu o recorde nacional, ultrapassando os valores da época do seu chinfrim, o barril de petróleo não está sequer perto do valor de 2008 (147,50 dólares).
Na semana recorde, o barril de petróleo Brent, que é referência para o mercado português, tinha sido negociado a 97,73 dólares.
Segundo o INE, o consumo de gasóleo em Portugal caiu 11,6 % em Junho de 2012, relativamente ao mesmo mês de 2011, a maior quebra de sempre. O gasóleo representa 2/3 do consumo de combustíveis em Portugal.
O INE regista também que as vendas de gasolina, sofreram em Junho de 2012 uma redução 10,7%, comparativamente ao mesmo mês em 2011.
De acordo com a DGEG (Direção-Geral de Energia e Geologia), as vendas de gasóleo caíram quase 10% no primeiro semestre de 2012.
Com os preços atuais, comparativamente ao início do ano de 2011, os portugueses gastam em média mais 8,5 euros para atestar um depósito médio de 50 litros.
Atestar um depósito de 50 litros de gasóleo custava há um ano atrás 66,6 €.
Com a nova subida, o custo é de 75 euros.
Paulo Portas Ministro do governo que manda em Portugal …. com o preço dos combustíveis a bater o recorde nacional ……… desapareceu!
O barril de Brent durante o ano do governo da dupla Paulo Portas/Passos Coelho subiu 5,1%. A gasolina e o gasoleno neste mesmo ano subiu 11,7% (o dobro !!!)
O Ministro Paulo Portas não faz chinfrim !!!
Não viaja para visitar bombas de abastecimento no estrangeiro e comparar os preços dos combustíveis !!!  
O seu governo não está a ganhar dinheiro com os combustíveis à custa dos portugueses e das empresas !!!
 
 
 
CASPER acha que alguém deve assumir a Face I e vozeirar ao Paulo Portas: “Ó Sr. Ministro, julga que somos todos tolos, julga que somos todos parvos, faz de todos nós pessoas destituídas, Sr. Ministro?
 

Sem comentários: