Número total de visualizações de página

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

ILLUMINATORIBUS .....



As luzinhas iluminativas e decorativas das Festas de Nossa Senhora dos Remédios deste ano correram sérios riscos de não se acenderem !

Tudo porque o pagamento camarário das luzinhas das festas dos anos anteriores estava pendurado …..  por detrás da cortina da arrecadação dos pendurados e afins.
Para acender as luzes iluminada-ó-decorativas das Festas dos Remédios deste ano, a Câmara do Francisco Lopes não teve outro remédio, senão levantar um poucochito a cortina, que esconde os pendurados varridos, e trazer à luz do dia o calote à Festiluz da iluminação das festas de 2010!
Depois .... tratou de não pagar uns compromissos bancários, para arranjar os 59.458,20€ de 2010 que a Festiluz exigiu para ligar as luzes festivó-decorativas em 2012.
Enquanto os Bancos forem aguardando e cobrando juros upa, upa … sob os juros mais crescidos pelos não pagamentos que se vão empurrando para a frente …. Francisco Lopes vai conseguindo ser illuminatoribus de alguma coisinha ! 
Às escuras escurinhas, anda mesmo, mesmo, mesmo e …… nitidamente a Direção Geral das Autarquias Locais que acompanha o estado das contas municipais !!!
A DGAL está convencidinha, que a Câmara de Lamego regista tudo certinho direitinho no SIIAL, e por isso, anda a dizer ao pessoal que em Dezembro de 2011 a Câmara do Francisco Lopes só demorava 178 a pagar aos fornecedores ….
Já no ano de 2010 a DGAL tendo igualmente como Fonte os registo no SIIAL da Câmara de Lamego, diz que a demora dos pagamentos era apenas de …. 68 dias !!!!
Há coisas, que se não fosse por serem escalamitozas, até nos faziam rir …..
A Festiluz por exemplo, para receber o pagamento das luzinhas decorativas que colocou em Agosto de 2010, teve de esperar ………….. que passassem 11 vezes .…. os 68 dias pagantes do Francisco Lopes !!!! 
E a Festiluz, até que teve a sorte …. mesmo, mesmo a sorte, de este ano, haver outra vez Festas de Nossa Senhora dos Remédios …. os Castros estarem indisponíveis …. e os Bancos ainda irem permitindo o empurranço da divida camarária para a frente, cobrando  juros subidíssimos de juros sobre juros crescidos !!!!




O CASPER  diz que no dia em que a cortina, que tapa a arrecadação para onde são varridos os pendurados e afins, se romper …. vão ser precisos dúzias de camiões TIR para carregar todas as varridelas !!!  

1 comentário:

Kruzes Kanhoto disse...

Porra! E ainda ninguém foi preso?!