Número total de visualizações de página

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

NO RANKING DA MÁ GESTÃO AUTÁRQUICA - ACTO I






Francisco Lopes & C.ª já deveria ter dado conta, que os tempos em que os Lamecenses  se embriagavam com as suas tretas comunicacionais e os soluços do inebriamento lhes toldavam os olhos, passaram ….
Da análise económica e financeira feita no Anuário Financeiro dos Municipios Portugueses aos  anos de 2011 e 2012 às contas dos 309 municipios de Portugal, agora publicado, Francisco Lopes rasgou todas as páginas do rol das desgraças do Municipio Lamecense, e mandou propagandear que a sua Câmara ocupa o 34º lugar dos municipios com maior volume de investimentos.
Valha-nos Deus ….
Mas será que o divino está mesmo convencido que nos emborrachamos tanto, todos os dias, que não percebemos que isto só seria bom se esse investimento estivesse pago ?!?!?
No mesmo Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses, a Câmara do Francisco Lopes ocupa o 23º lugar dos municípios (309) com maior volume de calotes !!!
Lamego até poderia ser o 1º em volume de investimentos …. mas se não os paga….  festeja-se e propagandeia-se o quê ??? 
O raio da irresponsabilidade do endividamento elevado ao infinito da desbunda ???
Um  bota pr´a lá … que mesmo com os nosso 5% de IRS, do IMI na taxa máxima, dos aumentos de IMT, da água, do saneamento, da reprodução de parquímetros, da taxa da protecção civil …. não consegue pagar ???
A Câmara de Francisco Lopes executou despesas num total de 85,84% e só obteve receitas no valor de 44,12%, que o mesmo é dizermos, que gastou  41,72% sem cobertura.
Gastou o dobro das receitas que conseguiu. 
A sua super gastação sem as correspondentes receitas para a pagar, deu-lhe um 16º lugar no ranking dos 306 municípios!
Mau .... muito mau !
Estes lugares no topo do ranking dos maus na gestão das finanças municipais no horizonte nacional  …. não mereceram destaques propagandeadisticos de Francisco Lopes & C.ª !!!!
Agora, imagine-se como seria este ranking se a analise económica e financeira do Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses inclui-se as gastações da Lamego Convida, Lamego Renova e do esfrangalhado multiusos …
Mau ... mau ... mau ... mau ... muito, muito, muito mau !
 
 

 

O CASPER diz que alguém deveria explicar a Francisco Lopes & C.ª que esta coisa de fazer gastos desbundados sem ter cheta para os pagar, faz dele um péssimo gestor camarário.  
 

Sem comentários: