Número total de visualizações de página

sábado, 27 de outubro de 2012

NO REINADO DO FABRICADO AGRUPAMENTO LATINO COELHO OS PROFESSORES PARTIRAM AS SAPATAS DO TRONO .... ELEGENDO ISABEL MIRANDELA DA COSTA !



Resolvemos interromper a saga da última chumbada do Tribunal de Contas na Câmara de Lamego, na Lamego Convida e na Lamego Renova, para noticiar que a comunidade educativa do reino do Agrupamento de Escolas Latino Coelho, fabricado por Francisco Lopes – o mesmo que no programa Prós e Contras com toda a farófia farolizada disse que a sua autarquia não interferia na constituição dos agrupamentos, funcionamento das escolas e blá … blá …– esteve incandescente!

É sabido que no blá … blá … da constituição dos agrupamentos de escolas em Lamego, foi abatido o único que existia à data, cujo diretor era Carlos Rei (que neste desprocesso monstrou fazer jus ao seu apelido !!!) e que possuía mais alunos que a Sé ou o Liceu, para o transformar num apêndice da Latino Coelho, transformado em Agrupamento.
E é também sabido que como prenda pelo yes man, foi oferecida a José António Martins a cadeira do trono do reinado fabricado do Agrupamento de Escolas Latino Coelho.
No seguimento e para complemento da gestão deste reino, exige a lei um Conselho Geral.
Um órgão, cuja presidência e representantes da comunidade educativa (Professores, funcionários, encarregados de Educação .. ) não tem cadeiras fabricadas e oferecidas, mas sim sufrágios eleitorais.
Ora foi neste sufrágio que a cadeira do trono deste reinado ficou sem sapatas !!!
Sim senhor. Todos os Professores do fabricado Agrupamento Latino Coelho foram chamados a votos para escolherem os seus representantes, que se apresentaram em 3 listas concorrentes: uma afeta ao trono Martins, outra afeto-disfarçada e uma outra liderada por Isabel Mirandela da Costa uma Professora do Agrupamento abatido !
E no método de hont o resultado foi ………. 4 para a lista encabeçada pela Prof. Isabel Mirandela da Costa, 2 para a lista afeta e 1 para a afeto-disfarçada !!!!
Que o mesmo é dizermos: a comunidade educativa impôs-se e não esteve com tritíceas. Lardeou, sem margem para dúvidas e com o som no máximo, à autarquia e ao sentado no trono que não gostou e discorda da fabricação fabricada deste reino e do trono!
Depois de termos conhecido um Rei anti-fabricações sombrias, os Professores do Agrupamento machadado, apresentam-nos agora, Isabel Mirandela da Costa, eleita Rainha com votos vindos do agrupamento abatido e da Latino Coelho, e a quem, pelos resultados eleitorais obtidos, foi dada super legitimidade para pôr em sentido os fabricantes do reinado fabricado.
 

 

O CASPER faz a vénia que é devida a Isabel Mirandela da Costa pela sua corajosa decisão de avançar e ser a cara e voz de todos os que estiveram e estão, contra as fabricações dos agrupamentos de escolas em Lamego, a machadada no único agrupamento que existia e do golpeamento de uns, para tronar outros …    

Sem comentários: