Número total de visualizações de página

segunda-feira, 4 de março de 2013

NO RANKING DAS CÂMARAS CALOTEIRAS E FALIDAS .... LAMEGO !!!






Com a publicação no Diário da Republica das 65 Câmaras Municipais que em Portugal recorreram ao PAEL (II) ficamos a saber que no ranking das falências autárquicas nacionais, Lamego ocupa o 7º lugar ….
Como se já não fosse ferozmente ruim, se fizermos umas continhas proporcionais e comparativas com a área territorial e o número da população residente dos 6 concelhos que nos batem, percebemos que a situação da Câmara de Francisco Lopes é indecorosa, pérfida, brutal !!!!
O PAEL teve como objectivo ajudar as Câmaras caloteiras a pagar o que não tinham conseguido pagar aos fornecedores até Março de 2012 ....
A 31 de Março de 2012 a Câmara de Lamego tinha dividas a fornecedores de, pelo menos, 12.304.304,69 € …. Com este empréstimo para pagar aos fornecedores, Francisco Lopes soma-lhe juros e outros encargos bancários.
Nos próximos 14 anos a Câmara de Lamego a somar aos restantes milhões de todos os empréstimos anteriores vai arcar com mais 12.304.304,69 € !!!!
A imoralidade da gestão diabólica que levou a tal estragação autárquica é directamente proporcional à terminação dos cêntimos de mais estes milhões …
Para receber mais estes milhões emprestados que iremos pagar com impostos, taxas e outras variantes inventivas, a Câmara do Francisco Lopes assinou um Plano  de Ajustamento Financeiro …
O PAEL impede Francisco Lopes de assumir compromissos devedores se a caixa registadora das receitas não tiver fundos …. impede-o de ter calotes que não consiga pagar em 90 dias …. impede-o de contrair mais empréstimos ….
Com o que temos vistos, alguém deveria explicar muito devagarinho e com desenhos a Francisco Lopes o que significa …. Impedido !!!!!  
A gestão endividativa sempre a crescer … a crescer …. até ao enforcamento final ..... teve honras de Diário da República e Despacho Ministerial !!!!  
 

 

O CASPER diz que satânico é mesmo, mesmo, mesmo juntar a infausta situação financeira da Câmara do Francisco Lopes à invenção malévola do Eixo Barroco ….  

Sem comentários: