Número total de visualizações de página

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

LIVRO BRANCO ..... PARA AS FESTAS DE NOSSA SENHORA DOS REMÉDIOS !





Lamego vai ter um Livro Branco!
Um Livro branco ….. com o titulo “As Festas de Nossa Senhora dos Remédios”


A ideia foi do Presidente da Câmara.
Para o escreverem, Francisco Lopes encarregou o imensurável Pinto, o licencioso Tonibé, o adulterado Vereador Osório e o quimérico Roçado.

Achamos bem que Lamego tenha um Livro Branco.

Se o governo escreveu um Livro Verde para tratar das freguesias, nós também devemos escrever um Livro para tratar das Festas dos Remédios.   

E se é sobre as Festas de Nossa Senhora dos Remédios o branco é uma boa cor.

Os galardoados com a honra de serem os escrivães do Livro Branco, foram mandatados por Francisco Lopes para proporem alterações ao modelo das Festas, duração, financiamento, organização, modernização, programa das festas e um calendário para as próximas 3 edições.

Também achamos que foram muito bem escolhidos os escreventes.

O Tonibé é publicamente reconhecido como um expert na administração e cobrança de barracas, bancas, carrosséis e matraquilhos.  

O Vereador Osório tem o troféu de ter conseguido multiplicar verbas na época em que geriu o Turismo, o que lhe dá grande preparação para duplicar o foguetório proporcionando-nos um bom fogo-de-artifício.

O Roçado fez parte de inúmeras Comissão de Festas e a sua passada ligação à Casa da Cultura, garante-nos um grupo de artistas de nível superior.

O Pinto é indiscutivelmente, a artefacto vital. Com larga traquejo em cheques pelados, dividas, fintas ao fisco e falências, está mais do que ninguém apto a assegurar o financiamento das Festas dos Remédios.


Francisco Lopes teve argúcia na escolha os autores do Livro Branco.
Ninguém duvidará que as Festas de Nossa Senhora dos Remédios no futuro serão de .......... arromba!

Acreditamos que todos os Lamecenses estarão ansiosos para ler o Livro Branco das Festas dos Remédios e obter um autógrafo dos seus autores.




O CASPER sugere aos autores do Livro Branco, que aproveitem as farturas e os marroquinos que costumam montar a tenda nas Festas dos Remédios, para lhes alugarem o multiusos …. Sempre ajudavam o Francisco Lopes, a pagá-lo!

Sem comentários: