Número total de visualizações de página

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

DE DEDO APONTADO PARA O COMPLEXO DESPORTIVO DE LAMEGO ...





Francisco Lopes tem um problema muito intrincado e maçador para resolver  

Claro que o problema que o trás aborrecido não é a super mega híper falência financeira da sua Câmara e que a nós, nos põe o estomago às voltas!
O problema que tem importunado Francisco Lopes por estes dias chama-se …... Paulo Correia, o emirato financeiro que saltou da Chefia do Gabinete Presidencial para a administração da Lamego Convida.
2013 é o ano que a lei marcou para o encerramento das empresas municipais falidérrimas.
2013 é o ano do desaparecimento da mirabolante Lamego Convida, a bombástica empresa municipal que Francisco Lopes e Paulo Correia inventaram para chuchar e baralhar fantasticamente as contas camarárias, nunca tendo sequer, conseguido  ganhar euros para sustentar os salários do seu pessoal, durante todo o seu tempo de existência.
Com o fechar das portas, Francisco Lopes é empurrado para a necessidade de dar rumo ao pessoal da Lamego Convida …
Diz ele que 32 serão “cedidos” à Câmara Municipal.   
Como não somos burros, percebemos que esta coisa da “cedência” é uma treta, tretada e entretada …
Com o desaparecimento da Lamego Convida os trabalhadores que nela exercem  funções, mas pertencem aos quadros municipais – e serão uns 2 ou 3 – regressarão ao seu habitat.
Para os restantes, infelizmente, não há solução alternativa ao seu despedimento ...
Proibido de efectuar contratações e a ter de cumprir o plano de saneamento financeiro que o impede de aumentar despesas, a hipotese de inclusão destes despedidos nos quadros da Câmara Municipal terá, obrigatoriamente, que passar por uma autorização especial do Gaspatroika. E será que a dará a uma Câmara mega super híper chuchada ???!!!
Claro que em época de eleições, cheira-nos que a “cedência” deve ser, assim do tipo .... despedidos, Centro de Emprego, subsidio de desemprego, integração em programas de colocação de subsidiados na Câmara para disfarçar ….  E, claro, a promessa de contratação para a Câmara, no final !!!!  
Assim do tipo, empurra para depois das eleições para não fazerem ondas até lá, e depois …. Chuta, que já votaram !!!! 
O busílis intrincado é mesmo o destino a dar a Paulo Correia …um regalado emirato financeiro a quem só resta um encaixe politico nomeativo !!!!
Francisco Lopes matutou, matutou e apontou …. Complexo Desportivo de Lamego !!!
Para conseguir a nomeação do seu emirato como dirigente do Complexo Desportivo de Lamego, prantou-se em Lisboa.
A coisa não correu lá muito bem … Francisco Lopes veio sem conseguir o encaixe nomeativo do seu emirato.
Mas vai continuar a insistir …. no Complexo Desportivo.
A situação é urgente.
O encaixe privilegiado do seu emirato financeiro é um problema de resolução intrincada !!! 

 


 

O CASPER  diz que o Relvas é a pessoa indicada para encaixar o dono de um curriculum de gestão financeira associado à hecatombe da Câmara de Lamego, da Lamego Convida, da Lamego Renova e aos chumbos do Tribunal de Contas 

1 comentário:

Anónimo disse...

Boa tarde
Poderia-me explicar então como é que a sua suposta hipótese poderia ser a mais válida? Se, um exemplo muito simples, as Piscinas Cobertas estão abertas 13 horas de segunda a sábado como poderiam ser contratados ao Centro de emprego? Se estes apenas podem trabalhar 5 horas por dia e dos quais ainda tem de ter algumas horas para andarem a ser "carimbados", assim como 5 dias por semana?
Que faria às instalações até esse processo ser aceite, Piscinas, teatro, pavilhão...?
Como poderia o munícipe continuar a usufruir destas instalações?
Como se costuma dizer ou se é preso por ter cão ou por não ter....