Número total de visualizações de página

quarta-feira, 7 de março de 2012

SOMOS ASSIM ...... PLANO DE SANEAMENTO FINANCEIRO (PARTE VI)






Há pouco mais de 6 anos, o Presidente da Câmara foi acolhido como um anjo que entrou triunfalmente na vida de Lamego.
Um anjo de todas as virtudes e competências gestionárias que, desde sempre, nos tem embalado com músicas angelicais  ….

No Plano de Saneamento Financeiro da sua Câmara ficamos a saber, que há preocupações que atormentam o nosso anjo, porque podem impedi-lo de o operacionalizar.
Não. Não o preocupa, ter ultrapassado extensa e repetidamente, o endividamento que a lei lhe autoriza, não ter um tostão para pagar aos fornecedores, já não conseguir satisfazer os encargos bancários dos empréstimos a que re-re-re-re-recorreu, não ter feito um único investimento em Lamego que atraísse emprego e riqueza para os Lamecenses ……  não o preocupa sequer, todas as ilegalidades que cometeu, e de que o Tribunal de Contas e o Ministério Público estão a dar o devido tratamento.

A Francisco Lopes preocupa-o …..
A insuficiente adesão dos Lamecenses e das Associações, Empresas e Cooperativas de Lamego às suas iniciativas camarárias …
O insuficiente conhecimento dos serviços prestados pela sua Câmara pelos Lamecenses, Associações, Empresas e Cooperativas de Lamego ….
A insuficiente colaboração dos Lamecenses e das Associações, Empresas e Cooperativas de Lamego para com a sua Câmara ….
O insuficiente desempenha, articulação e colaboração dos Agrupamentos de Escolas …
O insuficiente contributo das Juntas de Freguesia para a sua estratégia municipal …
Ou seja, Francisco Lopes está preocupado, porque os Lamecenses, as Associações, Empresas, Cooperativas e Agrupamentos de Escolas de Lamego não entendem, nem estão à altura das suas supremas estratégias “desenvolvimentisticas” para Lamego!
Preocupa-o que esta gente toda, não tenha o discernimento e a capacidade necessárias para perceberem o quanto são supremos os seus atos, ações, iniciativas, serviços, contributos e a sua sublime gestão camarária!    
E preocupa-o, que aqueles que conseguem entendê-lo – entidades eclesiásticas, Escola de Hotelaria e CTOE – porque que vivem no meio destes Lamecenses todos, desentendidos e burros, corram o risco de baixar o seu nível de entendimento e ….  emburreçam!


Os funcionários da Câmara são outra grande preocupação.
Francisco Lopes fez-lhes o diagnóstico e - para além da burrice de que padecem, por serem Lamecenses -   são uns desmotivados, uns desajustados à organização camarário do Presidente da Câmara, alguns não sabem trabalhar em (sua) equipa e não têm competência para o trabalho que fazem.
Conclui-se pois, que Francisco Lopes tem os funcionários da sua Câmara em alto apreço, estima e consideração!


E pronto … são estas as preocupações que todos os dias consomem Francisco Lopes.
A sorte para o enraizamento das suas capacidades e esforços supremos, é que os nossos ouvidos ainda vão funcionando bem e por isso, lá nos vai conseguindo manter vivos só com o embalamento da sua música ….  
Apesar desta nossa incapacidade, Francisco Lopes está com Lamego de alma e coração e por isso, continua incessantemente a esforçar-se, para que os dinheiros públicos estejam sempre em completo andamento!  

Temos sorte …. um qualquer Presidente, de uma qualquer Câmara, ficaria muito chateado connosco, por  a nossa falta de entendimento e burrice, pôr em causa a operacionalidade do Plano de Saneamento Financeiro ….
Mas Francisco Lopes na sua veste de anjo de todas as virtude e da competência gestionária, tudo nos perdoa.
Até se … por nossa culpa …. não conseguir executar a operacionalidade do seu Plano de Saneamento Financeiro!   

O CASPER diz que por acaso, no lugar de Francisco Lopes também estaria preocupado com o entendimento dos Lamecenses, dos funcionários da sua Câmara, das Associações, Empresas, Cooperativas e dos Agrupamentos de Escolas de Lamego, porque se começam a perceber as letras da sua música celestial …. obrigam-no à contrição e deixa de ser anjo!  

Sem comentários: