Número total de visualizações de página

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

POBREZA E GOLPADAS ....





POBREZA …..

Segundo um estudo da Comissão Europeia agora publicado, de entre os 6 países mais afectados pela crise, Portugal é o único onde as medidas de austeridade exigiram um esforço financeiro aos pobres muito superior ao que foi pedido aos ricos. Na comparação com a Grécia, Estónia, Reino Unido, Irlanda e Espanha, Portugal é também o País que regista um dos maiores aumentos no índice de risco de pobreza devido às medidas de consolidação orçamental, ultrapassando a barreira dos 20% da população em risco.
O nosso obrigado ao Governo PSD/CDS, ao Pedro Passos Coelho e Paulo Portas. Conseguimos ser os primeiros no empobrecimento!  

A GOLPADA!

Em 7/04/2011 numa entrevista na SICN, Elísio Alexandre Soares dos Santos um dos mais famosos capitalistas nacionais, administrador da Jerónimo Martins SGPS, uma holding que controlo as cadeias de supermercados Pingo Doce, Recheio e a Biedronka disse “ Nós temos é que olhar para nós, e perguntar: o que é que eu posso fazer pelo meu País?
Este Elísio Alexandre Soares dos Santos tem também a Fundação Francisco Manuel dos Santos, criada em 2009 para, entre outras coisas, «pensar o país, e contribuir para a identificação e resolução dos problemas nacionais»... Fundação que é, actualmente, dirigida pelo “assarapantado” sociólogo António Barreto, outro «grande patriota», que assim vive à custa do Pingo Doce. Nesta Fundação, com Alexandre Soares dos Santos está o Zé Manel Fernandes (o inventor das escutas em Belém a Cavaco Silva), o Profeta da Desgraça, também conhecido por Medina Carreira, e outros confederados afins.
Se bem se recordam, o Elísio desdobrou-se em apelos e explicações vantajosas para que o anterior governo pedisse ajuda externa, e durante a última campanha eleitoral mostrou-se um ardente patriota ao defender uma nova «esperança para Portugal».
Em Setembro deste ano, reagindo à austeridade que “ a sua esperança para Portugal” estava a despejar sobre os portugueses, disse: “sinto-me roubado”!
Este mesmo Elísio considerado pela revista americana FORBES, o segundo mais rico de Portugal, com 2,300 mil milhões de euros, como patrão do Pingo Doce recusa-se agora, a contribuir para o Orçamento do Estado, com os seus impostos.
No passado dia 30 de Dezembro de 2011, vendeu 56% das suas acções a uma também sua subsidiária que tem sede na Holanda, para, assim, não ter que pagar 25% de IRC sobre os dividendos.

Quando todos já empobrecemos e nos foi imposta a miséria em 2012, a família Soares dos Santos, que só no 1.º semestre de 2011, obteve um lucro da rede de supermercados de 144 milhões de euros, transferiu o seu capital para a Holanda.
Que o mesmo é dizer: deixa de pagar impostos em Portugal.
.

O Elísio Alexandre Soares dos Santos, patriarca da família, o homem que nos últimos anos não fez outra coisa senão dar lições de moral aos portugueses, em sucessivas entrevistas e programas de televisão (Plano Inclinado, etc.), mandou para as urtigas o interesse nacional e solidariedade para com os seus concidadãos.
Borrifou-se para o facto de os seus impostos contribuem para o nosso Serviço Nacional de Saúde e para a nossa escola pública.
Nada como uma crise para se conhecer a essência de alguns homens!
Para este grande defensor da ética e patriotismo nacional, o mais importante é salvar os seus milhões de milhões da carga de impostos que o governo que tanto quis  eleger, descarrega às toneladas sobre os portugueses.
Agora ficamos assim: o Elísio em Portugal explora os trabalhadores a quem paga ordenados de 485,00 euros, suga o dinheiro a quem lá vai comprar e depois os seus lucros e respectivos impostos vão para a Holanda!  

Há quem não tenha ficado surpreendido! Dizem que o Elísio só foi obediente e limitou-se a fazer o que o Governo mandou. Emigrou!
Para quem não percebeu a gravidade do que então foi dito pelo 1º Ministro de Portugal Pedro Passos Coelho, e ainda que não haja entre este caso e o "conselho" dado pelo Governo, um nexo de causalidade, esta é só uma amostra do que pode acontecer à economia real face à cambada de desbocados que nos "governa"… 



CASPER acha que o Elísio Alexandre Soares dos Santos poderia levar o Passos Coelho e o Paulo Portas da “sua nova esperança para Portugal” com ele para a Holanda ….. e que por cá, os portugueses deveriam responder ao borrifanço de solidariedade da família Soares dos Santos, cortando-lhes nos lucros …. deixando de  comprar nos supermercados deles!  

Sem comentários: