Número total de visualizações de página

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

COMBUSTIVELMENTE ..... GASTANDO!




Circular de popó é caro.
Ter numerosos popós a circular é mais caro.
Não ter controlo sobre as circulações dos popós é ainda muito mais caro.

A correnteza de combustivel é upa, upa ... a multiplicar-se por euros!
Para as gasolineiras é bom.
Para os cofres autárquicos é mau.
E para quem está "insolvido" é muito, muito, muito, mau!
A fossa da Câmara de Lamego em combustíveis por pagar é de, pelo menos, 92.632,35€.
Com o “magotão” de dividas que estacionaram em fila de espera no município de Francisco Lopes …. um dia destes ainda veremos todos os popós camarários paralizados porque não há mais “fianço” de combustivel …..  

Percebemos o afoganço mas .... o Francisco Lopes bem podia mandar pagar à BP de Santarém e da Nazaré!
Por cá o pessoal já se habituou à usança do fiado à la longue da casa camarária, mas em Santarém e na Nazaré dispensavamos o falório de uma Câmara de Lamego que por ali passou, não pagou e pregou calote ...   


O CASPER jura que nunca usou um popó comprado e sustentado com os dinheirinhos públicos para palmilhar os caminhos de casa ou laurear …

Sem comentários: