Número total de visualizações de página

sábado, 3 de dezembro de 2011

PROCURAM-SE: "ESTRAGOS NO CENTRO ESCOLAR DE LAMEGO, PROVOCADOS POR INTEMPÉRIES OCORRIDAS JUNHO" ....







Decorriam ainda as obras de construção do Centro Escolar de Lamego pela Edifer – Contruções Pires Coelho & Fernandas S.A, quando a Câmara Municipal de Lamego utilizou o procedimento Ajudicação Directa para que esta mesma empresa efectuasse “reparações provocadas por intempéries”, no valor de 149.728,53€. O contrato foi assinado a 7 de Julho de 2011, com prazo de execução por 30 dias.

Depois do escaldão pelas montanhas de “trabalhos a mais “ no Teatro Ribeiro Conceição que de que o Tribunal de Contas acusou Francisco Lopes e toda a Vereação da altura, e cujo processo judicial está “enchaminado” de recursos na onda do Isaltino Morais para ver se se safam .... esta foi a “formula mágica” encontrada por Francisco Lopes para encapotar os seus habituais "trabalhinhos a mais", desta vez no Centro Escolar de Lamego. 

A "formula mágica" com que Francisco Lopes "desinfectou" os trabalhos a mais nesta obra, recorrendo a "estragos provocados por intempéris" de que ninguém se lembra .... é digna de um filme de ficção .... mas que nada tem de cientifica!


O CASPER jura que não viu ponta de chuva, trovoada, ventania, granizo e lembra-se de quase ter derretido com a quentura que vinha dos céus.  

Sem comentários: